Representante comercial: 4 verdades sobre a profissão.

A profissão de representante comercial é muito antiga e teve origem através do desenvolvimento do comércio, em que, na época, o caixeiro viajante era o principal elo entre os produtores e mercados, na medida que viajava todo o território nacional para realizar esse importante trabalho para o Brasil.

Em face do desenvolvimento desta função, no ano de 1965 foi regulamentada a profissão de representante comercial, através da Lei 4.886/65, a Lei do representante comercial! Este sem dúvida foi um marco para categoria e um grande propulsor para a defesa dos direitos da classe.

Embora atualmente seja extremamente difundida a representação comercial, não há como negar que ser um representante comercial ainda é um desafio, por vários motivos.

Neste artigo, irei citar 4 verdades sobre a atividade de representação comercial que, por vezes, não é conhecida pela sociedade, inclusive pelas próprias representadas.

1- Distância:

Em sua grande maioria, os representantes comerciais tem uma rotina de viagem intensa, se arriscando nas estradas brasileiras e ficando por um longo tempo longe de suas famílias.

Quem muitas vezes olha um representante bem sucedido não sabe todo o esforço necessário para isto, tampouco como é perigosa e desgastante essa rotina de viagem e distanciamento familiar.

São raras as exceções, poucos representantes comerciais trabalham diariamente em um confortável escritório com ar condicionado.

2- Pouco reconhecimento:

Infelizmente, a representação comercial ainda não possui os méritos devidos. Poucas vezes se vê na sociedade o reconhecimento à profissão, talvez, inclusive, por desconhecerem a realidade da classe.

3- Receita variável:

Ao contrário dos vendedores em regime CLT, o representante comercial  não possui direitos trabalhistas e salário fixo, a sua remuneração é a comissão sobre vendas.

Diante desta realidade, de não se ter segurança de quanto irá receber no próximo mês, o representante comercial precisa ter uma gestão financeira extremamente controlada, sob pena de sofrer com sérios problemas financeiros.

4- Custos elevados:

Os custos para se trabalhar como representante comercial são bastante consideráveis, afinal de contas, o combustível e a carga tributária no Brasil constituem um grande desafio para o empresário da representação comercial.

Por fim, sugiro a leitura do artigo “Representação Comercial: 6 dicas para a sua empresa ter sucesso“, certamente irá ajudar você a ter sucesso nesta jornada.

Embora todos os desafios mencionados, a Central dos Representantes está há quase uma década ajudando representantes comerciais e representadas a venderem mais, conte conosco!

 

representante comercial

 

 

 

20 de julho de 2021 21:25

126 total de visualização, 0 hoje