É melhor ser representante comercial PJ?

A Central dos Representantes é um dos principais portais de vagas de representação comercial do Brasil, disponibilizando oportunidades em todo o território nacional, de maneira gratuita. Porém, o papel da empresa não é somente esse, vai muito além!

O representante comercial é, sem dúvidas, o grande cliente da Central e, com isso, não são medidos esforços para que esse público tenha muito conteúdo relevante. Nesse sentido, uma pergunta muito comum chamou a atenção da equipe: “é melhor ser representante comercial PJ?”.

Vamos lá:

O que é o representante comercial?

Antes de objetivamente responder a pergunta tema do artigo, cabe relembrar a definição legal do que é o representante comercial, conforme a Lei 4.886/65:

“Art . 1º Exerce a representação comercial autônoma a pessoa jurídica ou a pessoa física, sem relação de emprêgo, que desempenha, em caráter não eventual por conta de uma ou mais pessoas, a mediação para a realização de negócios mercantis, agenciando propostas ou pedidos, para, transmití-los aos representados, praticando ou não atos relacionados com a execução dos negócios.

Parágrafo único. Quando a representação comercial incluir podêres atinentes ao mandato mercantil, serão aplicáveis, quanto ao exercício dêste, os preceitos próprios da legislação comercial.”

Essa lei criada há mais de 50 anos, como pode ser até percebido por algumas regras de português que não são mais vigentes, deixa explícito que o representante comercial pode exercer a sua profissão como pessoa física ou pessoa jurídica.

Mas afinal de contas, qual é  o formato mais adequado?

Representante comercial PJ:

Definitivamente, trabalhar como representante comercial PJ é o melhor para o representante comercial, e isto ocorre por diversos motivos, por exemplo:

Comerciais:

As empresas contratantes, chamadas de representadas, geralmente preferem contratar o representante comercial PJ por uma questão legal. Quer dizer, o grande risco, na visão da representada, ao contratar representantes comerciais, é ter uma relação que caracteriza o vínculo de emprego, cenário que deixa a empresa frágil em um eventual processo trabalhista. Por esse motivo, alguns cuidados são tomados pelas referidas empresas, dentre eles, contratar representante comercial PJ, pois é um formato mais seguro, afinal de contas, neste caso o contratado de fato é um empresário.

Em outras palavras, atuar como representante comercial PJ transparece para a representada que o representante é mais estruturado, é um empresário da representação comercial, e não simplesmente um vendedor sem vínculo.

Ter uma empresa de representação comercial sem dúvidas é a melhor forma para conquistar boas pastas, aquelas que possuem bons produtos e pagam comissões adequadas.

Administrativos/financeiros:

Ser um representante comercial PJ não traz benefícios apenas no âmbito comercial, mas também proporciona ao empresário algumas outras vantagens muito importantes para o sucesso na representação comercial, tais como:

Redução da carga tributária: o representante comercial pessoa jurídica paga menos impostos, se comparado ao pessoa física;
Proteção patrimonial: ter uma empresa, possibilita a blindagem do patrimônio pessoal, visto que eventuais dividas, serão cobradas da pessoa jurídica, limitado ao capital social aportado (salvo exceções, como dívidas trabalhistas);

Facilidade em adquirir empréstimos: obter empréstimos ou financiamentos, para diversas finalidades, tende a ser mais interessante através da empresa.

 

Não recebeu o nosso e-book ainda e quer ter mais informações sobre como ter sucesso na representação comercial? Clique aqui.

 

representante comercial PJ e-book

 

3 de agosto de 2021 14:48

77 total de visualização, 0 hoje